Blog

Toda atividade política é maligna e inerentemente criminosa

Toda atividade política é maligna e inerentemente criminosa

Nós jamais seremos livres enquanto formos escravos da classe política. Enquanto não nos levantarmos, não pegarmos em armas, e não executarmos uma vingança cruel, derradeira, avassaladora, irreversível, contra a criminosa tirania política que a ORCRIM, e todos os partidos políticos brasileiros – que trabalham arduamente pelo estabelecimento da Pátria Grande – infligem contra nós, legislando em causa própria diariamente, e aprovando leis que deliberadamente prejudicam a população, nós vamos continuar sendo espoliados, dizimados e trucidados por aqueles que estão no poder.

Inúmeros brasileiros não despertaram da sonolência, não acordaram para o fato de que a classe política trabalha deliberadamente para nos causar o mal. Exterminá-los, destruí-los, aniquilar cada um deles, um por um, é o que todo indivíduo correto e benigno deveria fazer, se tem em seu coração real e salutar amor à pátria, à família e a justiça. Quem acompanha a situação política da Venezuela – como eu faço, meticulosamente – está tendo a oportunidade de testemunhar, em tempo real, como é o desmantelamento, a corrosão e a destruição de uma sociedade, que tornou-se refém de uma ensandecida e tirânica oligarquia política criminosa. É isso que queremos para o nosso país? Vamos permitir que isso aconteça com o nosso lar, com a nossa nação?      

Eu sou totalmente a favor do extermínio da classe política. Devemos erradicá-los, em definitivo da face da Terra. Eles provocam o mal porque eles são o mal. Não existe nenhuma outra atribuição para os burocratas autoritários e malignos que trabalham diariamente, com árdua dediação e voracidade para subjugar e destroçar a sociedade civil, sujeitando-a a uma humilhante, sórdida e deplorável condição de escravidão. E é nossa obrigação civil, moral e patriótica impedir, a todo custo, que cheguemos ao mesmo nível deplorável da Venezuela. Não importa quais políticos, burocratas ou homens de estado tenhamos que matar para tingir este fim. 

Com raríssimas exceções, todo político é um virulento e patológico criminoso egocêntrico e maléfico, que busca se perpetuar no poder. E faz uso do seu cargo para saciar todos os seus depravados anseios. A ensandecida e indômita sede de poder de Lula, para citar um exemplo, que busca explicitamente, de todas as formas e maneiras possíveis, tornar-se ditador do Brasil, é uma prova irrefutável destes fatos. Mas a verdade é que nossa paciência não durará para sempre. Uma hora, vamos ter que começar a ser agressivos com essa gente. E aí, não vai ser bonito. Não, muito pelo contrário. Cabeças serão decepadas, sangue será derramado. Mas, para a nossa sobrevivência, a classe política brasileira deve morrer. Ou nós, ou eles. A coexistência da população civil e da oligarquia política criminosa é uma completa e derradeira impossibilidade. Devemos exterminar, trucidar, destruir a toda a classe política, sem dó, nem piedade.        

Compartilhe esse texto:

Sobre Mim

Sobre Mim

O Ultraconservador é um reacionário cristão antissocialista, anticomunista, antimarxista e antiestatista. Um indivíduo sem medo do establishment socialdemocrata ditatorial, corrosivo e totalitário. É colaborador de periódicos (jornais e revistas) e portais eletrônicos do Rio Grande do Sul, Paraná e São Paulo.