Blog

Admirável Mundo Velho - Abominável Mundo Novo

Admirável Mundo Velho - Abominável Mundo Novo

Até hoje acham que eles, os capirotos globalistas, estão atrás de dinheiro. Dinheiro é coisa do passado, isso é pra ralé de Wall Street, os Globalistas já tem até demais. Eles tem os bancos centrais. Pra que vão correr atrás de dinheiro se eles já tem o nosso? 

Hoje o que manda é o poder, e o poder vem da influência. Eles mandam e muitos imbecis obedecem. -Esqueçam o Brasil, os daqui não são ninguém na fila do pão-. O mundo está cheio de inúteis e problemáticos, sempre esteve, e eles já nascem assim. Estão dispostos a obedecer e adorar qualquer um, com poder, que os diga o que querem ouvir. Dizem que eles podem ser como quiser, eles podem ser problemáticos, desajustados e fazer o que bem entender. É de certa forma um tipo novo de religião, onde não se exige nenhum tipo de sacrifício, melhoramentos, nada. É uma religião light do Anti-Cristo. Se eles acham que podem ser felizes seguindo uma elite que não lhes exige nada em troca, o custo beneficio parece ser muito melhor do que qualquer religião que exige enormes sacrifícios em troca de um paraíso que sequer é na Terra. Obviamente não sabem que existem duas pesadas contas que terão de ser pagas a longo prazo; a conta de Deus e a conta de seus líderes, essa sendo terrivelmente pesada  e dolorosa. Talvez já estejamos vivendo a separação do joio e do trigo.

Sobre aqueles que eu chamei de ralé de Wall Street, eles não estão só em Wall Street, são os muitos em busca de fortuna fácil, e que não dão a mínima para religião ou política desde que possam ganhar dinheiro, e não importa se são comunistas ou capitalistas, estão dispostos a financiar qualquer um que lhe prometa benefícios. Estes terão um papel burocrático no Brave New World. 

O maior problema para esse pessoal somos nós, os cristãos. Um cristão nunca segue outro mestre, mas eles precisam de escravos dedicados, e não escravos que preferem morrer a se submeter a outro mestre. Eles usam o que tem em mãos pra atacar o cristianismo, usam seus desajustados para isso. A utilidade desses desajustados é só essa, corroer a sociedade e atacar a fé religiosa. Depois, quando perdem a utilidade, são mortos, pois não servem para nada além de atrapalhar. Já os religiosos, esses sim, quando conseguem substituir sua religião por algo do interesse globalista, são a massa de trabalho perfeita, ótimos escravos e muito produtivos. 

Não é qualquer rico, maçom ou político; globalistas são a elite das elites. Não procurem por eles em cadeiras do governo ou em comando de bancos, eles não estão lá. Globalistas não trabalham nesses serviços menores. Eles trabalham nas sombras, eles financiam as ideias por trás da política e da sociedade. São de uma elite fantasma, não esperem ver um deles na televisão e menos ainda na lista dos mais ricos da revista Forbes. 

Por aqui, no Brasil, muito se diz que os liberais econômicos são globalistas. Besteira! Eles nem sabem o que é isso, só querem ganhar dinheiro, pouco se importam se isso é coisa boa ou do capeta. Devemos ter cuidado com esse pessoal, são os primeiros a se prostituir. Estão sempre dispostos a fazer concessões do tipo liberar o aborto e drogas (liberam até a bundinha em troca de dinheiro). O liberalismo econômico não é ruim para nós desde que venha através de lideres que prezam mais por nossa liberdade do que pelo enriquecimento desprovido de valores morais. 

A ideia de que os globalistas tem interesses regionais é errada, eles não são de lugar algum. Não são patriotas, nacionalistas ou tem qualquer laço com culturas ou nações. Eles querem o mundo inteiro. O maior recurso do mundo são as pessoas. O poder que eles querem é sobre as pessoas. Dinheiro pode comprar Wall Street, banqueiros, socialistas e liberais, mas não compra o poder que tem a devoção religiosa sobre o povo. É, para eles, insuportável a ideia de que um livro escrito a quase dois mil anos tenha mais poder do que eles. Toda sua massa de manobras é dedicada justamente a atacar a fé, relativizar e confundir até que não reste nada.

Só existe uma maneira eficiente de evitar o cinzento Admirável Mundo Novo que eles pretendem, e é simplesmente tomar consciência de que o que eles querem somos nós e nossas almas. Se a televisão te confunde, desligue. Se alguém ataca sua fé, ignore. Se um pastor se entrega a ganância do dinheiro, encontre outro. Se um homossexual profana imagens, deixe que o juízo final se encarregue dele. Mantenha sua fé intacta e o mundo continuará intacto e a salvo.

Autor: Sga Brewer, Alt-Right Brasil

Compartilhe esse texto:

Sobre Mim

Sobre Mim

O Ultraconservador é um reacionário cristão antissocialista, anticomunista, antimarxista e antiestatista. Um indivíduo sem medo do establishment socialdemocrata ditatorial, corrosivo e totalitário. É colaborador de periódicos (jornais e revistas) e portais eletrônicos do Rio Grande do Sul, Paraná e São Paulo.